SEMAD promove o primeiro encontro dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social do município

SEMAD promove o primeiro encontro dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social do município

O primeiro encontro dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social – SUAS do município de Cocalzinho de Goiás foi realizado nesta sexta-feira (17/03/17) na pousada Tabapuã, lugar aconchegante e de uma beleza natural sem igual,  com visão privilegiada do morro dos Pirineus. Todos os trabalhadores da SEMAD estiveram participando, ainda foram convidados os Conselheiros Municipais de Assistência Social, que tiveram dois membros representantes.

A SEMAD tem a frente a gestora, Leidyane Ribeiro, e o Diretor, Márcio Werley Barbosa que assume agora conjuntamente com a gestora a tarefa de conduzirem a política de assistência social do Município, ambos somaram esforços para a realização do encontro juntamente com Camila Melo Rocha, coordenadora da proteção básica do município e da coordenadora do CRAS, Emilia Juliana.

A abertura do evento contou com a presença marcante dos convidados, a primeira dama Célia, o prefeito Alair,  vice prefeito “Nenzão”, do chefe de gabinete Inácio, do assessor jurídico Dr. Ulisses e ainda o deputado estadual, Gustavo Sebba, que tiveram uma atenção especial com os trabalhadores da SMAD.

O encontro foi marcado por momentos de motivação e transformação direcionado pelo palestrante, Carlos Antônio Toledo, que levou todos os trabalhadores a refletirem sobre as suas ações. Toledo teve como auxiliar o seu filho Pedro,  artista talentoso que levou todos a se  emocionarem. O artista local Fabrício Flores também homenageou a equipe com duas lindas canções.

O Painel de  formação inicial do Trabalho no SUAS, ficou a cargo da coordenadora da proteção social Camila Rocha.

O objetivo desse encontro foi trazer o conhecimento da política de assistência social do Município bem como sua equipe de referência, buscando estreitamento das relações interpessoais e a aproximação dessa equipe,  diante da realidade de novos membros. Como resultado é esperado que os trabalhadores do SUAS conheçam a política de assistência social como uma política de direito do cidadão, o que promoverá uma melhor qualidade na oferta dos serviços aos cidadãos e ainda uma transformação pessoal dos trabalhadores a fim de que se sintam mais valorizados, descobrindo que são capazes de produzirem bons frutos se estiverem bem consigo mesmo e em sua vida pessoal que é a maior empresa do Mundo.

Fonte texto: Camila Melo / Márcio Werley (Coordenação SMAD).