Cocalzinho recebe a visita dos técnicos do Consórcio de Resíduos Sólidos CORSAP

Cocalzinho recebe a visita dos técnicos do Consórcio de Resíduos Sólidos CORSAP

Depois de uma solicitação do secretário de meio ambiente José Francisco, os técnicos do CORSAP – Consórcio de Manejo de Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e de Goiás, realizaram uma visita nesta sexta feira (14/02) no município de Cocalzinho de Goiás para discutirem o andamento do projeto. Os técnicos foram recebidos pelo prefeito Alair Ribeiro em seu gabinete para uma reunião onde contou com a presença dos secretários José Francisco do meio ambiente e Ronaldo de finanças, do assessor jurídico Ulisses Miguel, do técnico responsável pelo plano de saneamento do município Marco David e do Presidente da Câmara Edimar Bezerra. O principal foco da reunião foi a discussão sobre o crédito para o consórcio, a contra partida que o município contribuirá para a execução do consórcio. Para o prefeito Alair e o secretário José, a fusão dos associados é muito importante para o destino correto dos resíduos de todo o município, ainda porque, a partir de agosto de 2014 nenhum município do Brasil poderá ter mais lixão e, Cocalzinho não possui um espaço para a criação de um aterro sanitário.

Após a reunião o prefeito Alair convidou os técnicos para que eles conhecessem a realidade do município, eles se deslocaram até uma erosão que se forma no Setor Oeste, no qual o consórcio pode oferecer medidas para que este problema tão grave possa ser resolvido, em seguida o lixão foi o segundo ponto visitado, que apesar dos cuidados tomados pela a administração na manutenção e conservação é um fator preocupante e por último uma visita à fábrica de cimento Lafarge, onde possíveis parceiras podem ser concretizadas, tanto para a fábrica ceder alguns materiais recicláveis, como papel e plástico, com para receber outros que possam ser usados nos fornos, como por exemplo, pneus.

Em vídeo os técnicos do CORSAP (Diego e Marconi) explicam o funcionamento do consórcio e o secretário de meio ambiente explica o andamento do mesmo dentro do município.

Deixe um comentário