Vereadores e prefeito cobram mais eficiência da SANEAGO nos serviços prestados à população do município

Vereadores e prefeito cobram mais eficiência da SANEAGO nos serviços prestados à população do município

Vereadores e prefeito “apertam o cerco” contra a SANEAGO cobrando mais eficiência nos serviços prestados à população da Sede e dos Distritos e afirmaram que só renovarão Contrato de Concessão, válido por 30 anos, com apresentação de um projeto que atenda de fato as necessidades dos munícipes, com etapas de ações planejadas de curto, médio e longo prazo. A reunião ocorreu durante toda a manhã desta quarta-feira (06) na Câmara Municipal, com a presença do prefeito Alair Ribeiro, do presidente da Câmara Gilmar José de Meneses, dos vereadores, Alessandro, Clarindo, Robson, Sirley, Cláudia, Edimar, Galego, Elson e Willian, do procurador jurídico Ulisses Miguel, do advogado da Câmara Dr. Raimundo Alves, do diretor da Câmara Adalberto Amaral, do chefe de gabinete Inácio Ferreira e os representantes da SANEAGO, Gerente Regional Rogério, gerente de contratos Marcos Vinicius e o gerente local Jhony.

Abrindo a reunião o presidente da Câmara declarou seu descontentamento com a empresa “a SANEAGO está muito longe daquilo que imaginávamos, os contratos não estão sendo cumpridos e somos nós, vereadores e prefeito, que levamos a culpa e recebemos a cobrança direta da população”, disse ele.

Em seguida o prefeito relatou que não será admitido que os serviços prestados pela empresa continue dessa forma deficitária “ o investimento que a SANEAGO fez no município nos últimos anos foi menor do que os empresários de loteamento fizeram, vocês terão de cumprir todas as exigências que estarão no contrato, caso contrário iremos para uma briga judicial e vamos retomar o serviço”, frisou o prefeito.

Diante do exposto na reunião, a frase que prevaleceu entre as autoridades do município foi “nosso compromisso é com a população e não com a SANEAGO”, isso porque todos se queixaram dos serviços prestados e ficaram de acordo que só darão seguimento no contrato se a nova política de administração da empresa funcionar corretamente em Cocalzinho.

Outro fator levantado na reunião foi o início da cobrança no Distrito de Girassol, foi solicitado documentos que comprovem a qualidade da água e solução para os casos em que o equipamento que faz a leitura da água não contabilize a passagem de ar. Outra questão abordada referente ao Distrito de Girassol foi a instalação da rede no setor Jurubeba, um dos locais mais críticos do município, os técnicos afirmaram que o processo está em andamento para que a água chegue até o local.
Com relação ao inicio da cobrança de água em Girassol, o vereador Alessandro foi claro “se não estiver dentro dos padrões, nós entraremos com uma ação pedindo o cancelamento da cobrança”, enfatizou ele.

Após ouvir os questionamentos, os representantes da SANEAGO, afirmaram que é de interesse deles manter a prestação dos serviços no município e dentro da razoabilidade e condições, os termos constantes no contrato serão cumpridos.