Obra do Colégio Estadual Vereador Waldir José de Rezende, em Girassol, será retomada. Ordem de serviço foi assinada na quarta (12/05) pelo Governo do Estado.

Obra do Colégio Estadual Vereador Waldir José de Rezende, em Girassol, será retomada. Ordem de serviço foi assinada na quarta (12/05) pelo Governo do Estado.

Uma das primeiras ações do prefeito Nenzão, que está licenciando temporariamente para tratamento da COVID, juntamente com o vice-prefeito que assumiu interinamente o governo municipal, Alessandro Barcelos, e a secretária de educação Eunice, foi continuar cobrando a retomada da obra do Colégio Waldir Rezende, na Secretaria de Educação do Estado, que estava paralisada desde o ano de 2015.

A quarta-feira 12 de maio ficará como uma data histórica para a comunidade de Girassol, dia em que foi assinada a ordem de serviço para a retomada e conclusão da obra do Colégio, no valor de R$ 3.690.589,64.

“Nesse momento especial, representando a Administração Municipal, agradeço a todos que estiveram envolvidos nesse processo, desde o início do projeto até as constantes lutas pela retomada e conclusão da obra (ex-prefeito Alair, atuais e ex-vereadores, deputados federais e estaduais, secretários e ex-secretários municipais, a atual gestora e o ex-gestor do colégio). Ao governador Caiado e a secretária de educação do Estado Fátima Gavioli, nossa gratidão por honrarem o compromisso firmado”, destacou o prefeito interino Alessandro.

A solenidade contou com a presença de várias autoridades, Dep. Dr Antônio, Dep. Coronel Adailton, Dep. Amilton Filho, Olivar (representante do governador), coordenador regional de educação Prof. Luciano, ex-prefeito Alair, Superintendente da SEDUCE Rodolfo, os vereadores (Wemerson, Cláudia, Chico Mota, Robson, Jorge Luiz), secretários municipais (Eunice Gomes, Alessandro Gonçalves, Gilmar Meneses, Reginaldo Machado, José Alves Dantas, Bruna representando a primeira dama Sônia), Genismar Fernandes, Padre Rivelino, Marcelo Ribeiro, Célia Ribeiro, Clarindo da Silva, gestora do colégio Fabíola e o ex-gestor Celmar, além dos professores e alunos, estes dois últimos, os mais beneficiados pela retomada da obra.

A expectativa é que no próximo dia 17 de maio, a empresa vencedora do processo licitatório inicie as obras.

Pref. Cocalzinho