POR MÊS CERCA DE 4 TONELADAS DE RESÍDUOS DEIXAM DE IR PARA O ATERRO GRAÇAS AO TRABALHO DA COLETA SELETIVA

POR MÊS CERCA DE 4 TONELADAS DE RESÍDUOS DEIXAM DE IR PARA O ATERRO GRAÇAS AO TRABALHO DA COLETA SELETIVA

O projeto piloto da coleta seletiva, atualmente em funcionamento na Sede Cocalzinho está em pleno vapor, esse trabalho é de extrema importância para a cidade.  A coleta tem dois pontos importantíssimos: redução de materiais que vão para o aterro, focando na proteção do meio ambiente e a geração de renda fomentando o desenvolvimento econômico.

Com esse trabalho que é realizado pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) em parceria com a Cooperativa de Reciclagem COOPERARTEC, foi possível reduzir nos últimos meses mais de 10 toneladas de materiais que seriam enviados para o aterro.

Atualmente a cooperativa tem 05(cinco) cooperados e cada um deles possuí uma renda mensal, fruto do trabalho proposto no projeto, o que é um grande avanço e prova que os resultados estão sendo alcançados.

“Estamos evoluindo, mas precisamos contar com a colaboração e participação da população, separando o lixo reciclado do convencional, e colocando-o nos dias correto da coleta seletiva, com isso iremos reduzir ainda mais a quantidade de material no aterro. Ampliar o projeto para os distritos é um dos nossos objetivos no seguimento, para isso, temos o apoio do prefeito Alessandro, afirmou o secretário José  Alves Dantas.

O secretário informou ainda que já tem comerciantes e empresários que querem ser parceiros do projeto, viabilizando recurso para que seja possível a compra de uniformes e outros equipamentos de uso pessoal para os cooperados. Outra notícia é a implantação de um número do aplicativo WhatsApp exclusivo para assuntos da coleta seletiva, que será divulgado posteriormente.  

A coleta ocorre na Sede Cocalzinho na Segunda e sexta-feira nas avenidas, e quarta-feira nas entre quadras (travessas).

Prefeitura Cocalzinho