Autoridades políticas recorrem ao Ministério Público para regularizar a situação dos Correios no Distrito de Girassol

Autoridades políticas recorrem ao Ministério Público para regularizar a situação dos Correios no Distrito de Girassol

Na tarde da última sexta feira (20/02) os representantes do poder Executivo e Legislativo do município de Cocalzinho de Goiás (prefeito Alair Ribeiro, presidente da Câmara Alessandro Otoni Barcelos) acompanhados dos procuradores Dr. Átila Régulo Costa e Silva e Dr. Ulisses Miguel, acionaram oficialmente a ECT – Empresa de Correios e Telégrafos no Ministério Público Federal. A documentação protocolada solicita que o MPF interceda na situação para que os Correios assumam as atividades de transporte e entrega de correspondências e mercadorias no Distrito de Girassol, semelhante ao que já ocorre na Sede.

Recebidos pela procuradora Dr. Ana Paula Fonseca, as autoridades explanaram as dificuldades e os prejuízos que o município e a população vêm sofrendo por conta da inoperância dos serviços, além de relatar que o valor repassado pelos Correios para manter o funcionamento da Agência Comunitária é insuficiente, valor este estipulado em R$ 1.420,29. Veja no vídeo.

Documentação protocolada, resta as autoridades e a população de Girassol, aguardar alguns dias por uma resposta do MPF.

Pref. Cocalzinho

Deixe um comentário