.

.

.

Alunos do ensino médio do Distrito de Girassol conseguem resposta positiva do Estado

Ontem dia 16 de fevereiro de 2016, terça feira, foi um dia histórico para o Distrito de Girassol, não porque inaugurou-se uma grande obra, não porque os problemas que residem no Distrito se foram, não porque as pessoas alteraram suas rotinas para combater o Aedes Aegypti, mas sim porque Pais e Alunos mostraram para Goiânia que o Distrito de Girassol, que pertence ao Município de Cocalzinho existe e mais está vivo e atento aos seus direitos.

A Pauta da reinvindicação “um colégio”, um equipamento público de educação digno para os alunos do ensino médio estudarem e assim, seguiram todos, o Prefeito Alair Ribeiro, Secretária de Educação, Eunice Gomes, Vereadores Alessandro, Galego e Edimar Bezerra, os atores mais importantes deste palco da vida que são os Pais e Alunos, em prol da educação, em uma saga, quase uma epopeia em busca da Pátria Educadora no coração de Goiás, na capital do Estado, Goiânia, um palco a céu aberto onde corações de estudantes se desabrocharam em coro, onde tudo ocorreu bem na frente da Secretaria Estadual de Educação.

Como hino entoado, como cânticos ressoados do fundo do coração, vozes simples pediam “queremos educação”, “queremos nosso colégio”, mas no fundo todos queriam mesmo era serem ouvidos, mostrar que o Distrito de Girassol acordou, que a população sabe reivindicar seus direitos de forma democrática e ordenada e assim foi.

A Secretária de Estado de Educação, Raquel Teixeira, recebeu o Prefeito, Vereadores, Representantes de Pais e Alunos, e um aluno muito especial Aparecido, que mesmo possuindo deficiência física, não o impediu de exercer seu direito de cidadão o de ter um colégio digna para discutirem e encontrarem uma solução para o impasse “um colégio”.

O desenrolar da manhã, de forma tímida, mas contínua, até o afloramento completo de uma manifestação justa era possível escutar pelas ruas no coração de Goiânia, diversos atores da sociedade, Secretária de Educação, Mauro, Pais e alunos em discursos inflamados, mas ponderados de uma única pauta “um colégio”, aquele colégio, “O Colégio”, queremos estudar.

Resultado de um coro organizado, um acordo fechado entre o Estado e o Município e seus representantes, salas de aula provisórias com ar condicionado, até o dia 10 de março de 2016, onde módulos de sala de aula dignos para atender os alunos do Distrito de Girassol, até que em sete meses fique pronta a tão sonhada Escola Estadual Valdir Rezende, no coração do Distrito de Girassol.
Essa é a administração com transparência e responsabilidade na luta pelos direitos a Educação. No final, foi possível escutar o cântico de agradecimento de todos pela resposta dada pelo Estado e agora vamos acompanhar o desenrolar dos fatos.