.

.

.

Autoridades de Cocalzinho recepcionam a Ministra do STJ Drª Laurita Vaz

Uma cerimônia para recepcionar a Ministra do STJ a Drª Laurita Hilário Vaz e o seu esposo José Francisco Vaz, que vieram prestigiar a nova juíza que assumiu a comarca de Cocalzinho de Goiás a Drª Roberta Wolpp Gonçalves, foi realizada no Hotel Fazenda Tabapuã dos Pirineus em Cocalzinho de Goiás. A cerimônia contou com a presença das seguintes autoridades políticas e militares: o prefeito Alair Ribeiro, o vice Alair Rabelo “Nenzão”, o promotor de justiça Dr. Eliseu Antônio da Silva Belo, Coronel Adailton chefe do gabinete militar do Estado de Goiás, o Coronel do 18º CRPM José Biano, Tenente Osmar, Sgt. Divino Thomas, presidente da Câmara Municipal Edimar Bezerra, presidente da OAB Dr. Raimundo, Chefe de Gabinete José Moura, o assessor jurídico da prefeitura Ulisses Miguel, Dr. José Alberto Soares, o ex-gerente da caixa econômica Paulo Henrique, o Padre Paulo Tadeu, Valdeir Rodrigues e sua esposa Rita, o Sr. Fernando Nunes, dentre outros convidados.

Alguns convidados de honra tiveram a oportunidade de realizar um pequeno discurso durante a ocasião.

Prefeito Alair Ribeiro: “Drª Laurita, Dr. José Vaz, para nós é uma honra ter vocês como munícipes, pelo grau de responsabilidade que vocês têm com o município, Drª Roberta, conte com o poder executivo, sei que somos poderes diferentes, mas formamos um conjunto entrelaçado, executivo, judiciário e legislativo. Aproveito a ocasião para pedir à Ministra Laurita, à Drª Roberta, mais apoio aos militares, nós precisamos dar um suporte maior à polícia militar de Cocalzinho, não temos como cobrar qualidade deles se não temos ao menos um lugar adequado para eles. Hoje a burocracia em nosso país com relação a projetos é muito grande e o anseio da população por melhorias é muito maior e nós acabamos ficando no meio desses impasses”.

 Ministra Laurita Vaz: “Eu quero rapidamente agradecer a todos e dizer que este momento é muito importante para o povo e para a comarca de Cocalzinho devido a sua presença Drª Roberta. Cocalzinho foi privilegiado pelo presidente do STJ o Dr. Ney Teles, que deixou mais de 60 comarcas desprovidas de magistrados para atender Cocalzinho, continuando quero dizer que é muito difícil ser julgadora em um país, onde, pessoas passam fome e mais de 60% tem medo por falta de segurança, quero exteriorizar o meu pensamento, de que todas as autoridades de Cocalzinho devem juntar forças com o povo para dar condições e auxiliar a Drª Roberta, para que ela tenha condições de desempenhar o seu trabalho, devemos atacar o tráfico de drogas, pais vieram falar comigo dizendo, nossos filhos estão definhando, perdendo os dentes por conta da drogatização do Crack. Quando eu era promotora, em todas as comarcas que eu atuava, solicitava aos magistrados que não permitissem menores nas ruas após as 10:00h, nós desenvolvíamos um trabalho conjunto e não existia esses problemas que temos hoje, nós temos que arrumar ocupação para os jovens, o brasileiro é um esportista nato, vamos ocupar a vida deles com o esporte, com a musica, precisamos ser criativos, precisamos mudar”. A Ministra encerrou suas palavras desejando boa sorte no desenvolvimento dos trabalhos da Drª Roberta.

Finalizando a cerimônia a excelentíssima Juíza Drª Roberta Wolpp, relatou que não quer ser uma juíza que fica somente no gabinete despachando papéis “quero levar o ministério para o mais próximo possível do povo, isso é muito importante, sou uma pessoa muito simples e continuarei assim, Cocalzinho pode contar comigo”.