Fim do dilema: AGC dos Correios em Girassol é reaberta e com carteiro para entregar as correspondências

Nesta manhã dia 01/04/2016, foi reaberto o Posto dos Correios no Distrito de Girassol, mas com uma enorme diferença, finalmente o Distrito possui seu carteiro para entregar as correspondências nas residências e com muita luta foi disponibilizado ao carteiro uma moto para que pudesse percorrer toda a cidade com mais conforto e eficácia.

Rapadura é doce, mas não é mole não! Esse é um jargão popular que exemplifica muito a luta do Prefeito Alair Ribeiro e dos Vereadores para conseguir que a população tivesse de forma digna o seu direito constitucional a correspondência respeitada.

O problema começou com o convênio que a prefeitura possuía com a Empresa de Correios e Telégrafos do Governo Federal, que por competência Constitucional é a responsável exclusiva pela entrega da correspondência. Ocorre que o Ministério Público em 2014 impediu que a correspondência no Distrito pudesse ser entregue por terceiros, ou seja, pela prefeitura por entender que os Correios deveriam fazê-lo.

O Prefeito fez a análise clara que a prefeitura estava arcando com os custos de aluguel, funcionários, água, luz, produtos de limpeza e higiene, telefonia e internet para manter o posto de responsabilidade dos Correios e que estava ainda com o contrato vigente. Portanto, entendeu que o cidadão que já pagava impostos, estava pagando duas vezes para ter acesso ao mesmo serviço, uma vez que as correspondências enviadas e recebidas, taxas e emolumentos cobrados pelos Correios não eram repassados nenhum percentual a Prefeitura e assim não poderia ser revertido em benefícios para a comunidade.

O Prefeito ao analisar a problemática esperou o término da vigência do contrato para contestar judicialmente por intermédio do Ministério Público Federal de Goiás a prestação de serviço dos Correios.

E assim foi feito, mesmo sabendo que temporariamente a população poderia se voltar contra essa decisão, era necessário cortar na própria carne para poder conseguir realmente um Correio digno dentro do Distrito que atendesse de forma igual a toda população.

O Tribunal de Justiça Federal de Goiás, determinou que o Correio assumisse toda a logística de distribuição de correspondência no Distrito de Girassol e deu o prazo de 180 dias para que a empresa do Governo Federal, Correios e Telégrafos, apresente uma proposta plausível para verificar a viabilidade de implantação de uma possível agência dos correios.

E assim, o Distrito finalmente conseguiu de forma institucional seu primeiro carteiro, Paulo Beserra Feitosa, e que convidamos a toda nossa população que o receba bem em suas residências para que possamos tê-lo por muitos e muitos anos.

E como um antigo jargão real diz: A justiça tarda, mas não falha! Nesse caso se aplica com rigor a expressão em nossa realidade, mas justiça seja feita todos trabalharam duro para que a nossa população pudesse ser tratada da forma como merece com todo respeito e dignidade.

E hoje no Distrito parabenizamos o servidor Clarindo da Silva, que há 13 anos prestou serviços afeto aos correios e ninguém melhor que ele para dar boas-vindas ao nosso Carteiro Paulo Beserra e toda a equipe dos Correios.

Estiveram presentes no evento de reabertura do posto dos Correios o Prefeito Alair Ribeiro, Vice-prefeito Alair Rabelo, representando os Correios Nathalia Alexandra, Vereadores Galego da Farmácia, Alessandro Otone e Edimar Bezerra entre outras autoridades e cidadãos locais.

Outras Postagens

©2021 - Prefeitura de Cocalzinho de Goiás. Todos os direitos reservados.